Todo mundo é titular

Flamengo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Taí… A gente até nutriu certo orgulho no Ano Mágico de 2019, ao ter um time titular que todo mundo, inclusive os antis, sabia recitar na ponta da língua do 1 ao 11.

Com elenco ainda mais forte, parece que o orgulho do Ano Mágico 2.0, o do Futebol no Apocalipse, será diverso. Ostentação até maior, vendo Nosso Flamengo, por princípios estratégicos do novo técnico, e também no caso dessa quarta por motivos de força maior, desfilar pelos estádios vazios uma variação infinita de escalações onde todo mundo é titular.

Começo avassalador. Teve ER perdendo aos 45 segundos e Pedro estufando as redes baianas com um minuto e quinze, contando com a colaboração importantíssima da zaga dos caras, em que pese merecidos elogios à nossa Marcação Alta (Olha ela aí!!! Oi, sumida), e também o instinto matador do Pedro no lance.

Foi um começo à la 2019. Muita pressão, zaga lá na meiúca fungando no cangote dos caras, e o Gabriel Batista aliviado na cozinha, de boas assistindo o jogo de forma burocrática sem fazer nada e aguardando o momento de afundar o meu Cartola FC.

Flamém. Um monte de desfalques… E a melhor partida desde o retorno do futebol, incluindo os últimos jogos sob o comando do Jorge Jesus. Rá… Rá… Rá… Todo mundo é titular.

Não demorou muito pro Pedro balançar as redes de novo. Fatura quase liquidada logo no começo da peleja. Pra não perder total a emoção, um gol dos caras aproveitando que nossa vibe era só atacar e nossa marcação (tá mal, Arão!) chegou um ano atrasada para o combate.

É… Lembrou 19 de novo, quando tomar gol era recebido quase como uma ofensa. Troca de passes imparável que culminou com o gol do Arrasca… E a participação do Isla, nosso lateral direito titular, já fazendo “nóis tudo” esquecer o… O quem mesmo? Esqueci.

E daí virou briga de bêbado o primeiro tempo. E briga de bêbado na chuva que é pra ficar mais caricata. Nosso menino lá no gol (PERDOADO) deu mole e deixou o Baêa pensar que estava de volta ao jogo. Só que alegria de pobre dura pouco, né?

Pra não deixar dúvida e evitar maiores aporrinhações pra nós, e falsas esperanças para os antis, rapidinho Nosso Flamengo tratou de voltar do vestiário botando tudo nos eixos. E se era pra lembrar da temporada passada… Porque fazer por menos?

CINCUUUUUUNNNNN???!!! Com direito a um gol antológico do Everton Miteiro.

https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/apos-bela-atuacao-coletiva–flamengo-vence-o-bahia-por-5-a-3

Com as mexidas o time deu uma desorganizada de novo. Mais uma vez um zagueiro jogando de lateral. Parece ser algum tipo de fetiche do Domènec, mas quem somos nós pra criticar com essa escalada vertiginosa na tabela?

Como virou bagunça mesmo, até o Lincoln brotou do nada em campo. Aí… Já pode oferecer prum gringo maluco. Printa a tela com o placar final, um momento qualquer do garoto com a bola no pé, faz uma “montagi” mal feita… E OLX nele. Inclusive o BoTTeco aqui se predispõe a pagar o frete.

Ainda deu tempo pro Bahia diminuir outra vez. Deu tempo também do Gabriel Batista fazer uma boa defesa, só pra não dizer que tava total perdidão no jogo. Ainda mais que vamos com ele de titular no final de semana também.

G4… Tamo chegando.

Bora ganhar no sábado.

Isso aqui é Muito Flamengo.

PETISCOS

. SAC DO BOTTECO. Não rolavam as seções de pós-texto após as partidas pra reduzir o tempo entre o fim do jogo e a postagem. Daí o brother Carlinhos, flamengólatra lá de Santos, sutilmente mandou eu parar de tricolice. E ei-las aqui.

. TODO MUNDO NO BONDE. Com as muitas lesões, suspensões e covidões, até o Piris da Motta foi pra Bahia. Até um menino que deve ter uns 7 anos de idade pra reserva do Gabriel Batista foi passear.

. LIBERTADORES. Pouco mais de duas semanas para a volta do Boca aos jogos da Liberta… E QUATORZE jogadores testaram positivo para Covid. Dentre eles os quatro goleiros. Tenso. No mínimo.

MESA DA ARCOIRIZADA

. CONGRUENTE. Lá no Botafogo já tinham decidido que o Cícero não prestava. Ainda assim entrou em campo na derrota para o Inter. Devem ter pensado: “se quem não presta não joga… A gente vai perder tudo de W.O.” (Tô fingindo que não vi o Piris da Motta relacionado nessa rodada)

. MULTIDÃO. Meia dúzia de uns cinco torcedores do Chororô foram lacrimeVAR em frente à CBF. Tem chance de ninguém por lá ter reparado.

. CIRCO À VISTA. Chegando mais um tranquilo pleito eleitoral no Vasco. Diversão garantida e muita confusão.

 

mercioquerido@gmail.com
Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio

 

 

 

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação