Impeachment no Flamengo? Descumprimento do Artigo 146 pode gerar problemas para Rodolfo Landim.

Rodolfo Landim pode ter desobedecido o artigo 146 do Estatuto do clube e assim sofrer impeachment.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O Conselho do Flamengo vem trabalhando nos últimos dias analisando um possível descumprimento do artigo 146 pelo Conselho Diretor do clube. Isso ocorre uma vez que o clube apresentou um resultado financeiro bem abaixo do projetado em seu ultimo orçamento, apresentado em Setembro de 2020.

Para ser mais claro, vamos identificar o que está descrito no artigo 146 do Estatuto do clube:

“Art.146. Fica automaticamente suspensa a autonomia do Conselho Diretor
para celebrar
acordos e contratos, inclusive empréstimos e antecipação de receitas,
mesmo nos limites aprovados no orçamento de caixa, se:

III – comprovado, por meio dos balancetes trimestrais, que no resultado
acumulado do exercício corrente, o superávit é inferior, ou o déficit
superior, em três por cento do faturamento previsto no orçamento
aprovado;

Parágrafo único. A perda de autonomia de que trata o capitulo deste artigo
implica a necessidade de prévia aprovação de todos os acordos, contratos,
empréstimos e antecipações de receita pelo plenário do Conselho de
Administração, enquanto perdurarem as irregularidades referidas nos
incisos anteriores”.

O Clube apresentou um déficit bem inferior que os 3% citados no artigo, uma vez que apresentou R$ 106 milhões de prejuízo contra os R$ 23 milhões orçados, conforme arquivos disponibilizados no site do clube:

Orçamento apresentado pelo clube em Setembro de 2020 para o orçamento do ano.
Demonstração Financeira do Flamengo para o encerramento de 2020

Quais impedimentos diante desses números?

Com essa situação, o Conselho Diretor do clube fica com sua autonomia suspensa para a assinatura de qualquer contrato que seja, tendo assim que ter o aval do Conselho de Administração, independente da natureza e/ou valor do mesmo dentro do prazo em que vigorar esses números, ou seja, até a divulgação de um novo resultado que resulte no equilíbrio entre Realizado e Orçado.

Qual seria o possível erro do Conselho Diretor

Conforme apurado pelo site, alguns contratos que foram celebrados dentro desse período de suspensão da autonomia foram assinados pelo Conselho Diretor sem ter passado pela aprovação do Conselho de Administração, dentre eles o patrocínio com a Amazon, a aquisição do atleta Pedro e outras mais, como, por exemplo, renovação de contratos de serviços gerais, tanto da gávea, como também do Ninho do Urubu.

Quais os próximos passos?

Um grupo de conselheiros já encaminhou a situação para o Conselho Geral, de modo a que o tema seja investigado para que se comprove, se de fato o artigo 146 do Estatuto não foi obedecido. Caso essa questão tenha ocorrido, o Presidente Rodolfo Landim poderá ser investigado pelo conselho do Clube tendo como pena máxima o impeachment.

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação