Patrocinadores recuam após tragédia no Ninho

Patrocinadores
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Patrocinadores recuam após tragédia no Ninho

Em busca de Patrocinadores o Flamengo preparava um grande anuncio  para o fim de fevereiro; mas a tragédia que vitimou 10 jovens jogadores da base pode fazer o negócio azedar.

O acerto do Flamengo com um grande patrocinador estava condicionado ao conhecimento e aprovação do conselho deliberativo do clube. Mas a tragédia do Ninho do Urubu no ultimo dia 08 pode ter feito o negócio azedar.

O Flamengo guarda a sete chaves o nome do postulante ao patrocínio, mas jornalistas do canal Fox Sports comoBanco Inter“, afirmam que trata-se do conglomerado chinês Alibaba.

Segundo as informações dos jornalistas; o acordo era bilionário e girava na casa dos 300 milhões anuais e um contrato de 10 anos.

Os números são assustadores não somente para o mercado nacional, mas o grupo Chinês estaria disposto a investir pesado no Brasil afim de expandir ainda mais a sua marca na América do Sul.

A tragédia ocorrida no CT Ninho do Urubu porém deixou o grupo Chinês com receio de associar sua marca ao time carioca. É consenso entre os Chineses que a exposição atual que vive o Flamengo traria mais malefícios do que benefícios.

A Diretoria Rubro Negra tenta manter as negociações em estágio avançado através dos representantes . Rodrigo Dunshee (Vice Presidente Geral) e Gustavo Carvalho de Oliveira (Vice Presidente de Comunicação e Marketing). Além de Luiz Eduardo Batista o “BAP” (Vice Presidente de Relações Externas).

Diretoria proíbe novos investimentos.

A Diretoria Rubro Negra tem se mostrado ansiosa quanto ao assunto, Acima de tudo por que o Clube já havia perdido o patrocínio Master na camisa pela Caixa Econômica Federal. O Clube também se prepara para uma grande perda referente as indenizações das famílias dos meninos mortos na tragédia. Além disso a Diretoria já anunciou que estão proibidos novos investimentos em quaisquer área do Clube; até que as indenizações sejam pagas.

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação