O ‘ser Flamengo’ é o mais difícil que existe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Na Gávea, Flamengo apresenta sua rede oficial de academias: a FlaFi

É Flamengo, é difícil. Particularmente, tive essa certeza no fim de 2017 ao presenciar uma final fatídica contra o Independiente na Sul-Americana. Fiquei os três dias seguintes sem dormir refletindo sobre tudo o que havia passado.

Antes da minha entrada ao estádio, enfrentei maus bocados ao inalar o gás de pimenta já disparado pela Polícia Militar naquela noite. No lado norte do Maracanã – favorito de todo rubro-negro ou rubro-negra – me defendi de invasões, brigas e até mesmo daquela correria sadia que acontece na rampa em todos os jogos, mas que nesse dia foi puramente negativa.

Caro leitor e leitora, eu quebrei meu pé no momento dessa mesma “corrida olímpica” após nossa derrota. Caí, levantei e continuei andando de forma desesperada. Nunca detestei tanto o desempenho do time como naquela noite.

 

Foto: g1.globo.com

Porém, vim aqui declarar de forma consciente que, hoje, após nossa classificação para as quartas de final da Libertadores, Deus que me perdoe, mas eu faria tudo outra vez. A comoção e a simpatia da nossa torcida nos leva de forma espontânea a buscar mais momentos como esses. O fato é que repassar essas histórias a futuras gerações é um privilégio que só quem é flamenguista conhece.

Existe uma grande diferença entre ser uma torcedora e ser uma torcedora apaixonada. Optei pela segunda opção. Minha escolha foi e sempre será lutar ao lado do Flamengo. Devo de todas as formas honrar com a história que esse time carrega, honrar com o peso que tem essa camisa e, acima de tudo, honrar com a emoção e o arrepio que sinto ao ouvir a Nação cantar.

Então, não importa o jogo ou a circunstância. Nosso time é força, união e raça. Ao entendermos isso, começamos a desfrutar de cada conquista ou, até mesmo, das derrotas , afinal, tudo faz parte de um grande espetáculo, o futebol.

https://twitter.com/nandajorn

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação