Justiça finge que funciona

Nota Oficial em resposta ao fantástico
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Justiça finge que funciona e proíbe entrada de crianças e adolescentes no Ninho

Justiça finge que funciona  e Juiz da primeira vara da infância, juventude e idoso; Pedro Henrique Alves; determinou que a partir desta quarta-feira fiquem proibidas as entradas de crianças e adolescentes no Ninho do Urubu.
O juiz determinou ainda que havendo descumprimento da ordem; o Flamengo  receberá multa unica no valor de R$ 10 milhões e o presidente Rodolfo Landim será multado em R$ 1 milhão.
Segundo informações; o Ministério Publico do Rio havia pedido a suspensão de todas as atividades mo Ninho do Urubu, No Entanto; como não foram encontrados pela pericia  motivos que justificassem tal ação o pedido não foi acatado.
O Flamengo deverá comprovar o cumprimento de exigências feitas pelo Corpo de Bombeiros,Defesa Civil e Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro para o funcionamento do local.
O Corpo de Bombeiros notificou o Flamengo para apresentar um novo projeto de segurança contra incêndio e pânico no CT além de manutenção nos dispositivos ja existentes; No entanto não determinou um prazo para cumprimento.
Os órgãos inspecionaram todas as dependências do Centro de Treinamento, desde interruptores, tomadas  as instalações do modulo profissional. Em outras palavras; fizeram um grande pente fino no Ninho.
Como sempre acontece no Brasil; os Órgãos de controle esperam acontecer tragédias para cumprirem seu papel. Por exemplo : é lógico que o Flamengo é culpado, que precisa pagar bem caro elo acontecido e precisa urgentemente adequar a estrutura. No entanto, será que depois de “31” multas segundo a Prefeitura; essas irregularidades ja não deveriam estar fiscalizadas e resolvidas?
Proibir a entrada de crianças e adolescentes no estabelecimento no Ninho não é nada além de audiência para o MP. Da mesma forma deve ser feito em outros milhares de estabelecimentos na própria cidade e não falo apenas de clubes de futebol
Mas não se preocupem, se quiserem ver os órgãos e serviços públicos funcionar é só esperar a próxima tragédia acontecer.

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação