Gabigol fica no Flamengo pelos próximos 4 anos

gabigol atacante
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Enfim a novela entre Gabigol e o Mais Querido chega ao fim. Segundo apurou o portal do jornal o Globo, o camisa 9 receberá um salário mensal maior que R$ 1,25 milhão, quantia que o artilheiro recebeu na temporada passada. Além disso, seu tempo de permanência no Mais Querido será válido até 2024.

Porém, ainda segundo o jornal, o vínculo do jogador com o Flamengo ainda não foi assinado. Isso porque o rubro-negro carioca ainda precisar efetivar o acerto com a Inter de Milão, clube que detém os direitos administrativos de Gabigol.

Assim, para sua compra, Gabigol é avaliado em R$ 100 milhões, um valor que será parcelado nos próximos anos. Desde o dia 31 de dezembro, o camisa 9 está sem clube pois seu contrato por empréstimo com o Mais Querido chegou a fim. As partes então conversam, a fim de encontrar meios que favorecesse os dois lados.

O Globo ainda apurou e informou um possível futuro de Bruno Henrique, outro atacante que fez história pelo Mais Querido durante o ano passado. Segundo o site, além de Gabigol, o camisa 27 está próximo de acertar uma extensão no contrato com o Flamengo.

Com isso, por meio de um novo acordo, Bruno Henrique terá um aumento salarial superior a R$ 1 milhão, o que torna o atacante mais bem pagos pelo rubro-negro carioca.

Portanto, com o ‘sim’ de ambos os jogadores, a Nação Rubro-Negra já pode festejar, pois “Hoje tem gol do Gabigol” não ficará de fora das partidas disputadas pelo Mais Querido.

Além disso, o Flamengo está se preparando e tem um novo elenco com nomes como: Michael, Pedro Rocha, Gustavo Henrique, Pedro e Thiago Maia; composto pelas qualidades de Filipe Luís, Rafinha, Éverton Ribeiro, Diego, Arrascaeta, e agora, Gabigol. Portanto, para a maior torcida do mundo, o que foi real em 2019 pode se repetir em 2020 sob a graça de Jesus.

Por Fernanda Fernandes

 

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação