Flamengo Sub-16 conquista o Puskás-Suzuki Kupa, na Hungria

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Três torneios internacionais disputados, três títulos conquistados. Esse é o brilhante saldo da equipe do Flamengo Sub-16 na temporada 2019, que ainda não chegou nem na sua metade. Bicampeã mundial em Dubai e campeã da Verona Soccer Cup, na Itália (sob o comando do treinador Mario Jorge), a categoria viajou para a disputa da Puskás-Suzuki Kupa, na Hungria, consciente de que dessa vez a missão seria ainda mais difícil, por se tratar de uma competição Sub-17.

Com o treinador Ramon Lima comandando a equipe, os Garotos do Ninho não se intimidaram dentro de campo, apesar de jogarem contra equipes mais experientes e mais fortes fisicamente, e com excelente campanha conquistaram mais um troféu internacional para o futebol de base rubro-negro em 2019, o quarto da temporada  – além das três conquistas do Sub-16, a equipe Sub-12 sagrou-se campeã da IberCup, batendo a Inter de Milão na final).

Flamengo / Divulgação

O jogo

A final contra a Puskas Academy, equipe dona da casa, foi emocionante, um jogo digno de testar o coração de todos que estavam presentes à Pancho Arena. Logo aos oito minutos de jogo, João Pedro abriu o marcador para os Garotos do Ninho. Mas enfrentar o time da casa e um estádio lotado torcendo contra, não era sinônimo de facilidade. A virada dos húngaros veio ainda na primeira etapa, com gols de Vizler, aos 22, e de Nagy, aos 29 minutos.

Veja mais: Sorteio define Flamengo x Athletico-PR na Copa do Brasil

O regulamento da competição previa duas etapas de 30 minutos cada, e o Rubro-Negro colocou a cabeça no lugar e voltou para o segundo tempo consciente de que o tempo para tentar a virada seria mais curto do que o normal. Mais uma dificuldade superada para uma equipe que tem o espírito de campeão correndo nas veias. Aos quatro minutos, Kaiky deixou tudo igual. O jogo era tenso, equilibrado. O tempo passava, e todos sabiam que quem fizesse o terceiro, ficaria muito perto do título.

Flamengo / Divulgação

E quem fez foi o Flamengo. Aos 24, Ryan Luka recolocou o Rubro-Negro na frente. O gol contra de Vita, aos 26 minutos, apenas consolidou a conquista do Mais Querido e deu aos Garotos do Ninho (ou seria “Garotos do Mundo”?) o direito de fazer a festa mais uma vez longe de casa, e de mostrar ao mundo que o futebol de base do Flamengo se fortalece a cada dia, fruto de uma metodologia de trabalho verticalizada e de excelência, que enche de orgulho os mais de 42 milhões de torcedores ao redor de todo o planeta.

Time-base do Flamengo campeão da Puskás-Suzuki Kupa: Bernardo, Micael, Diego, Kaiky, Richard; Leonardo, Arthur Lessa, Daniel Campos; Wiverson, João Pedro e Ryan Luka. Treinador: Ramon Lima

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação