Flamengo perde para líder do CbLoL 2020 e vê paiN se aproximando

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O Flamengo eSports vê, além de sua vice-liderança ameaçada, também o distanciamento do primeiro lugar do Campeonato Brasileiro de League of Legends. Com 10 pontos, o rubro-negro perdeu para a atual líder, Vivo Keyd, e encara bem de perto a possibilidade da paiN Gaming, colada com 9 pontos, ocupar o segundo lugar. Segue a escalação do jogo de hoje: WooFe de Ornn, Ranger de Nocturne, Goku de Syndra, Absolut de Kaisa e Jojo de Nautilus.

O first blood veio aos 4 minutos para a equipe da Vivo Keyd com um gank do caçador na rota do topo. A resposta flamenguista veio com o caçador e o mid laner no abate em cima do topo adversário. O primeiro dragão do jogo, o infernal, também ficou para a Vivo Keyd. O Flamengo, na tentativa de equilibrar as conquistas de objetivos, fez o primeiro arauto. Como o caçador flamenguista estava ali perto, ele gankou a rota do meio e alcançou o abate.

No controle de mapa, a Vivo Keyd empurrou mais as rotas e conseguiu a primeira torre da rota inferior. Contestando, o Flamengo eSports soltou o arauto na rota superior. O game em Summoner’s Rift ficou movimentado com todos os jogadores adversários pressionando para levar a torre 2 do rubro-negro. O segundo dragão, das nuvens, também foi obliterado pela Vivo Keyd.

A busca pelos objetivos se tornou mais acirrada quando o adversário obteve o segundo arauto e o Flamengo resolveu abrir uma teamfight, na qual saiu perdendo em número de eliminações. O ponto chave da partida foi o caçador inimigo roubando a movimentação do caçador flamenguista, impedindo-o de farmar e ficar forte. Enquanto o time rubro-negro estava inteiro na rota superior para eliminar mais uma torre, a Keyd fez o terceiro dragão, do oceano.

O Flamengo eSports tentou focar o ex-flamenguista, Robo, na rota superior, mas sem muito sucesso pelo campeão do pro-player ser tank. Em uma luta na rota do meio, o Flamengo saiu na pior com 4 mortes, deixando vivo apenas o caçador Ranger. Sem mais torres nessa lane, o inibidor exposto também foi levado. Com os minions puxando, Barão fácil para a Vivo Keyd.

A alma do oceano foi garantida para o adversário em outra teamfight no dragão, onde o Flamengo tentou diminuir a desvantagem das rotas. Ranger é pego pela segunda vez na jungle e a Vivo Keyd passeia pelo mapa, levando a primeira torre do nexus. A equipe inimiga recuou e voltou mais forte, destruindo a rota superior e GGWP Vivo Keyd!

*Texto com a colaboração de Daniel Colucci

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação