Flamengo deixa escapar liderança e perde para o São Paulo

Flamengo é derrotado por São Paulo no Maracanã (Foto: André Durão)
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

O Flamengo enfrentou nesse sábado o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro no Maracanã. A fim de assumir a liderança do campeonato, O Mais Querido precisava apenas de um empate para alcançar certa meta. Entretanto, em uma apresentação bem abaixa das expectativas e com erros cruciais, o Rubro-Negro carioca foi derrotado por 4 a 1 pelo time paulista.

Em uma primeira analise, vale destacar a quantidade de desfalques que o Flamengo apresentou para a partida. Além de Gabigol, Diego, Arrascaeta e Rodrigo Caio machucados, o Mengão não pode contar com a presença de Thiago Maia e William Arão, que estavam suspensos.

O primeiro tempo foi marcado por uma partida bastante equilibrada entre as duas equipes. O São Paulo começou com uma marcação avançada, buscando explorar um possível erro na saída de bola do Mengão. Porém, foi o Flamengo que conseguiu abrir o placar logo aos 5 minutos do primeiro tempo. Após chutão de Hugo, Vitinho conseguiu ganhar no alto, no meio de campo, e escorar para Pedro realizar uma grande jogada individual e chutar, de fora da área, para o fundo do gol.

A liderança no placar durou apenas 11 minutos, o São Paulo conseguiu empatar o jogo após lindo chute de Tchê Tchê de fora da área. Todavia, o Flamengo seguiu criando mais chances que a equipe paulista, até que ER7 após linda tabela com Pedro, conseguiu entrar dentro da área e sofrer um pênalti. A penalidade ficou nos pés de Bruno Henrique que em uma batida displicente acabou desperdiçando. O erro de BH foi sentido pela equipe Rubro-Negra, e ainda no primeiro tempo o São Paulo conseguiu abrir a vantagem. O segundo gol da equipe paulista foi marcado pela falha de Gustavo Henrique, que afastou mal a bola cruzada e Brenner oportunista ampliou a vantagem.

Segundo tempo desastroso

Apesar da derrota temporária no placar, era difícil prever o que ainda estava por vim. Inegavelmente, O Mais Querido foi dominado no segundo tempo e não conseguiu se sobressair perante o adversário. Foram 2 gols sofridos na segunda etapa e mais 1 pênalti perdido pela equipe carioca na partida.

O São Paulo começou a deslanchar na partida após pênalti bobo de Gustavo Henrique, que chutou o jogador adversário tentando afastar a bola da área. Reinaldo bateu a penalidade e marcou para a equipe paulista, aos 13 minutos. No hiato entre o terceiro e quarto gol do São Paulo, o Flamengo teve mais um pênalti marcado a seu favor. Surpreendentemente, Pedro conseguiu desperdiçar a cobrança, assim como BH no primeiro tempo.

A partir desse momento, observamos um time entregue. O Mengão não conseguiu produzir jogas claras de gol até o final da partida. Em contrapartida, através de um contra-ataque, Luciano botou um ponto final na goleada paulista no Maracanã, aos 36 minutos do segundo tempo.

Infelizmente, o Mengão deixou escapar a liderança do Brasileirão. Ao mesmo tempo, vale ressalta o tropeço do Internacional, que também não venceu na rodada. O cenário na tabela segue o mesmo, e o próximo jogo do Mais Querido é contra o Athletico-PR pela Copa do Brasil. A partida está marcada para esta quarta-feira (04/11), às 21:30, horário de Brasília.

FLAMENGO x SÃO PAULO

Data e horário: 1/11/2020 (domingo), às 16h (de Brasília)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Auxiliares:
Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Gols: Pedro, aos 5 minutos do primeiro tempo; Tchê Tchê, aos 16 minutos do primeiro tempo; Brenner, aos 45 minutos do primeiro tempo; Reinaldo, aos 13 do segundo tempo. Luciano, aos 36 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Isla, João Gomes, Gerson, Gustavo Henrique (FLA); Diego Costa, Volpi, Daniel Alves (SAO)

Cartões vermelhos:
Nenhum

FLAMENGO
Hugo Souza; Isla, Gustavo Henrique, Natan (Léo Pereira) e Filipe Luís; João Gomes, Gerson e Everton Ribeiro (Lincoln); Vitinho (Michael), Bruno Henrique e Pedro. Técnico: Domènec Torrent.

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Tchê Tchê, Bruno Alves, Diego Costa e Reinaldo (Léo); Luan, Daniel Alves, Igor Gomes (Vitor Bueno) e Gabriel Sara; Luciano e Brenner (Pablo). Técnico: Fernando Diniz.

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação