Durante entrevista coletiva, Diego Alves se incomoda com pergunta e afirma não ter discutido com Léo Pereira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Após o empate em 0 a 0 do Flamengo com o Vélez Sarsfield (ARG) pela quinta e última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, foi flagrado pela emissora Fox Sports, que transmitiu a partida, o momento em que Diego Alves orientou Léo Pereira de uma forma mais grosseira.

Na entrevista coletiva pós-jogo, o arqueiro rubro-negro, em resposta ao repórter Michel Nascimento, da Rádio Grande Rio, se sentiu um pouco incomodado com o questionamento feito, minimizou a advertência que deu ao colega de defesa e disse que é algo normal no futebol, mas que ganha mais evidência por não ter a presença do público no estádio.

“Não teve discussão e nem acalorada. Da mesma forma que falei com o Léo, no primeiro tempo, falei com Rodrigo Caio. É normal, o que não é normal é todo mundo escutar o que se fala dentro do campo. O Léo é uma pessoa querida por todos do grupo, que entra e quer fazer o seu melhor”, disse.

“Mas nunca para prejudicar ninguém, só passar uma informação. Da mesma maneira que eu cobro, eles também podem cobrar de mim e o que acontece em campo, fica em campo. Mas isso é normal no futebol. Não adianta falar que tem elenco quebrado, rachado, porque isso não vai existir”, completou.

O guarda-redes ainda reforçou que o fato é algo normal em sua carreira e que sempre costumou fazer isso, mas que o ‘novo normal’ acentuou o fato de as pessoas perceberem isso.

“Eu faço isso minha vida toda, mas com esse novo normal, com estádio vazio, dá para observar bem e escutar eu conversando com os jogadores, mas sempre em prol do time, para que possa melhorar em todos os sentidos”, apontou.





Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação