Diretoria do Flamengo cobra Abel Braga.

Diretoria
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Diretoria do Flamengo cobra Abel Braga

A diretoria do Flamengo cobrou duramente o técnico Abel Braga; e essa cobrança foi encabeçada pelo vice de futebol Marcos Brás.

Não estão criando fantasmas; da mesma forma que não estão crucificando Abel Braga.  No entanto, Marcos Brás considerou inadmissível a postura do time rubro negro em campo.

Com investimento de mais de 100 milhões de reais nesse inicio de temporada, o Flamengo não tem demonstrado futebol que justifique o investimento.

A nova Diretoria é diferente da gestão de Eduardo Bandeira de Melo; acima de tudo no que diz respeito a paciência com maus resultados e mau futebol.

Pessoas ligadas a direção afirmam que Marco Brás tomou a frente do assunto e questionou a Abel Braga o por que o Flamengo foi dominado por 90 minutos.

Marcos Brás cobrou coragem de Abel Braga e seus comandados e junto a ele membros da diretoria e conselheiros fizeram coro.

Carma Rubro Negro

O mês de Fevereiro de 2019 tem sido o pior mês da história do Flamengo. Em outras palavras a trágica morte de 10 jogadores da base em seu centro de treinamento; além disso o fato de o time não demonstrar qualquer capacidade de melhora em campo, tem afetado o torcedor.

O campeonato carioca deveria ser um campeonato para se ganhar passeando. No entanto, o time de Abel Braga consegue perder para si mesmo; para seu péssimo futebol. Porque é necessário coragem para encarar o desafio Flamengo.

O próximo jogo do Flamengo é contra o Americano no próximo dia 23 e Abel Braga terá pouco mais de uma semana para corrigir o time e buscar um titulo que é obrigatório para o time.

Em conclusão, o Flamengo precisa justificar em campo o seu tamanho, seu investimento, sua quantidade e qualidade de torcida. Acima de tudo, precisa justificar porque se apequena diante de adversários tradicionais; porém visivelmente mais fracos.

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação