Com gols perdidos, Flamengo empata fora de casa e perde a chance de ficar na liderança

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Bragantino x Flamengo, sem dúvidas, foi um dos melhores jogos realizados na reta final do Campeonato Brasileiro. O time  de São Paulo recebeu o Rubro-Negro, em seu estádio pela 35ª rodada da competição. No entanto, o que era para ser uma partida que colocaria o Mais Querido pela primeira vez na liderança, mesmo que provisória, foi mais um tropeço dessa versão irregular de uma equipe que já foi tão matadora. 

No primeiro tempo o Flamengo fez um jogo seguro, e teve um determinado domínio sobre a equipe paulista. No entanto, o Bragantino, comandado pelo ex-técnico Rubro-Negro, Maurício Barbieri, tem uma organização tática semelhante ao que apresenta o time de Ceni, que tornou a peleja um tanto disputada. O Red Bull também fazia marcação alta e a bola corria com certa dificuldade na lateral-esquerda de Filipe Luís, que por muitas vezes teve que chutá-la para fora de campo sob pressão. 

A partida seguiu este curso de marcação alta, com ambos tentando forçar o erro na saída de bola do oponente, até os 35 minutos do primeiro tempo. Gustavo Henrique sofre a falta dentro da área, quando o atleta do Bragantino quase tira a camisa do zagueiro e o desequilibra. Pênalti marcado. Gabriel Barbosa, friamente, coloca o Flamengo a frente no estádio Nabi Abi Chedid.

Já no segundo tempo, os donos da casa tiveram uma leve melhora, e conseguiram sair mais da pressão que o Mais Querido fazia. No entanto, o artilheiro do campeonato, Claudinho, não conseguia fazer nenhuma jogada com eficiência até o gol e Hugo Souza também não precisou realizar grandes defesas. Mas, aos 18 minutos, Isla deixou a bola em condição para o jogador adversário e Ytalo consegue empatar a disputa.

Após o gol que deixou a partida em 1×1, a toada de perda e ganha de bola continuou e o Flamengo martelava para tentar virar o jogo. Aos 43 minutos, Ceni lança Pepê no lugar de João Gomes e Pedro no lugar de Gerson. O torcedor Rubro-Negro via, finalmente, o ataque que tanto esperava com Gabigol e Pedro lado a lado. Mas o jogo terminou no empate e o Mais Querido levou de São Paulo um ponto na mala e a frustração por ter de depender, novamente, de um tropeço do Internacional para ser campeão. 

A despeito da demora de Ceni nas substituições, o Flamengo perdeu oportunidades claras de gols que poderiam tê-lo deixado em boas condições na partida. Em uma jogada, Bruno Henrique se viu cara-a-cara com o goleiro Cleiton – que também teve uma noite inspirada -, mas quis tirar muito a bola, e o defensor de Bragança fez ótima defesa. 

A noite frustrante do Flamengo, reflete o que se tornou o campeão da Libertadores e Campeonato Brasileiro de 2019: um time irregular. Apesar da visível melhora tática, física e até mental, o ataque continua perdendo gols que estão pesando na conta desta reta final do Brasileirão. A equipe teve mais uma oportunidade de ficar na liderança e desperdiçou. 

Coincidentemente, um desses outros momentos em que pôde ficar no topo da tabela, também tinha sido em jogo contra o Bragantino no primeiro turno, pela 16ª rodada, quando o técnico ainda era Domènec Torrent. O placar também terminou em empate de 1×1, naquele dia, no Maracanã. Mas, um fator determinante, foi o time vir de uma semana com maratona de jogos finalizando com a equipe de Bragança.

Com desatenção de Isla, falta de pontaria e de ser um time menos “matador”, este Flamengo segue no caminho para o bicampeonato consecutivo, mas pode ver o Internacional abrir quatro pontos novamente, se este vencer seu jogo contra o Sport, na quarta-feira, 10. 

Mesmo que o colorado fique pontos a frente novamente, o Rubro-Negro ainda tem chances de ser campeão. Mas, se continuar nesta irregularidade, pode ver o título escapar por seus dedos. E não foi por culpa do técnico. São os gols perdidos que podem cobrar um preço alto.

O próximo jogo do Flamengo será contra o Corinthians, no domingo, 14, às 16h, no estádio do Maracanã. E, se o clube ainda deseja ser campeão, não pode mais deixar de somar os três pontos.

Leia também: http://historia.rrn.net.br/vitoria-contra-o-sport-garante-o-flamengo-na-libertadores-de-2021/

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação