Calendário da CBF: culpa também do Flamengo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Quando saiu a convocação do técnico Tite para os amistosos da seleção contra Senegal e Nigéria, houve muita reclamação da torcida rubro-negra. Houve a convocação de Gabriel Barbosa e Rodrigo Caio somados ao chamado de Arrascaeta para a seleção uruguaia. Com isso, o Flamengo teria dois jogos sem três titulares importantíssimos.

Como aqui no Brasil não se para os campeonatos para a data FIFA, a cada convocação da CBF ou de outros países, cada torcida que perde jogador começa o festival de acusações. Culpa da CBF? Do treinador da seleção? Do nosso clube? Digo a vocês porque o Flamengo também é culpado pelas suas perdas.

Foto: Alexandre Vidal

No começo do mês de outubro, a confederação brasileira de futebol divulgou o seu calendário para 2020. O Brasileirão não irá parar nas Olimpíadas e nem na Copa América, teremos jogos em dias seguintes a amistosos. Vocês viram alguém da diretoria reclamar? Vocês viram sequer uma nota oficial no site? Eu também não.

Mesmo que o Flamengo fosse voto vencido. Provavelmente não mudaria nada, mas seria uma imposição a CBF. Mostraria para todos : “Olha, nós vamos aceitar, mas estamos dizendo aqui claramente que somos contra e queremos um calendário melhor”. Nosso presidente foi até chefe de delegação na Copa América, será que ele teria essa coragem?

Sem querer entrar em clichê, mas em pontos corridos, cada jogo é muito importante sim. Em dois ou três jogos, pode se perder um campeonato. Se for para o Flamengo não ser campeão, que seja por perder para um time melhor, por não ganhar dentro de campo. Ser prejudicado por quem deveria cuidar do seu principal campeonato e/ou dos clubes, é no mínimo revoltante.

O clube precisa se impor, brigar por seus direitos. É ele que paga o salário dos jogadores. O Flamengo não pode ser punido por ter se estruturado e reforçado com bons jogadores. O jogador não é culpado. Óbvio que qualquer atleta quer defender a seleção. Não imagino nenhum deles peitando a CBF e recusando convocação. Até porque nunca mais seriam chamados de novo.

Se resolvesse enfrentar essa batalha, talvez o Flamengo conseguisse outros clubes para essa briga, Talvez não. Mas o mais importante seria a satisfação ao torcedor. O cara que quer ver seu time forte, brigando por títulos e que não tá nem ai para a seleção. A nossa seleção é o Flamengo. O torcedor espera pelo menos poder dizer para um torcedor rival: “Meu clube votou contra esse calendário aí”.

 

SRN

Gabriel Fareli (@gfareli no twitter e no instagram)

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação