Bujica: dois gols contra o Vasco e o “caçador de Marajás” no brasileiro de 1989

Marcelo Bujica
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Marcelo Bijuca: para torcida do Flamengo, o “caçador de Marajás”. Nascido em Cachoeiro de Itapemirim, no Espirito Santo, Bujica é mais dos grandes nomes do centenário e folclórico clássico entre Flamengo e Vasco. Com passagens por Botafogo, Ceará e diversos clube, o atacante começou sua história sendo herói no clássico dos milhões.

No brasileirão de 1989, Flamengo e Vasco se enfrentaram no Maracanã e o momento era melhor para o time da colina, que vinha bem na competição. Além disso, Bebeto, revelado no Fla e ídolo da torcida, fazia sua estreia pelo rival. Porém, Marcelo Bujica foi quem tomou o papel de protagonista do jogo e com 2 gols, decidiu a partida para o rubro-negro. Perguntado sobre o motivo do apelido “Caçador de Marajás”, Bujica explicou:

O apelido surgiu depois de dois gols feitos em cima do Vasco no dia 05/11/1989. o Vasco tinha uma equipe chamada de sele-Vasco e o fato de o Bebeto ter ido para lá também contribuiu para o apelido, que fazia alusão ao ex-presidente da república Fernando Collor”

Bujica: o novo xodó da torcida rubro-negra

Jogar um clássico do tamanho desse é o sonho de qualquer menino que jogue futebol. E dois gols decisivos em um jogo que o rival já cantava uma goleada, é sensacional. Quando questionado sobre a sensação disso tudo, Bujica, que depois desse jogo tinha status de xodó da torcida, respondeu:

“A sensação é a melhor de todas. sou rubro negro desde antes de nascer. Jogar no flamengo e fazer gols em cima do Vasco,sendo um deles com passe de zico, não tem nada melhor.”

Rubro-negro de infância, Marcelo fez 47 jogos pelo Fla e marcou 11 gols. Foram 27 vitórias, 10 empates e 10 derrotas. Ele alega que o motivo da sua curta passagem até hoje não lhe foi explicado:

“Eu não queria ter saído. Fui treinar em um dia normal, cheguei na concentração para descansar e uma pessoa chegou até lá e me chamou para ir à sala do Léo Rabelo. Quando cheguei na sala, fui informado que tinha sido vendido ao Botafogo e nenhum dirigente da época me deu satistação até hoje.”

A expectativa de Bujica para a decisão

Confiante para a decisão, Bujica revela que Flamengo e Vasco sempre foi seu clássico favorito e aposta no 2×0 para o Rubro-negro. Assim como ele em 1989, Bruno Henrique foi o herói do clássico no jogo de ida e também marcou os dois gols da vitória. Com boa vantagem para a decisão, time da Gávea enfrenta o da colina no Maracanã, domingo às 16h em jogo válido pela grande final do campeonato carioca. O Fla pode perder até por um gol de diferença para sair campeão.

 

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação