Ainda não.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

É… Deu ruim na tarde desse domingo no Maracanã. Após o tropeço do Internacional contra o Corinthians e mais uma oportunidade do Nosso Flamengo assumir a liderança isolada do campeonato… Não ainda.

A escalação dos 11 iniciais foi na vibe do “é o que tem pra hoje” e estava até previsível e não sujeita a muitas discordâncias.

E tudo começou muito bem, com o Pedro fazendo o que faz de melhor, esbanjando classe e categoria e estufando a rede tricolor bem cedo… Mas não ainda, Flamengo. Logo, logo a zaga fez o que também anda fazendo de “melhor” em atuações recentes e desandou a distribuir presentes para o ataque adversário.

Trabalho de equipe é aquilo, né? Se lá na cozinha o povo anda imbuído do espírito de Natal, o ataque não ia se fazer de rogado e também resolveu fazer distribuição de alguns brindes: fora todas as chances desperdiçadas com a bola rolando, o Bruno Henrique, que estava dormindo em campo, foi escolhido (ou se escolheu) para desperdiçar um pênalti. Daí, quando a gente tava gritando um “Porra!!! Por que não deixou o Pedro bater???”… Mais adiante o Pedro bateu e de repente foi até pior na cobrança.

Ferimentos leves. Confesso que vou TENTAR não passar pelo Twitter hoje. O arrastar de correntes e o clima de “acabou” por lá devem estar bem condizentes com o Dia de Finados e eu não tô com paciência pra isso. Entro lá, posto o link desse Poszão e saio rapidinho pra curtir o feriado prolongado, voltando de leve só pra responder um ou outro de vocês, que disso eu faço questão.

Não vou aqui também ficar apontando o dedo para o jogador A ou BH… Ops… Escapou. Eh, eh. Retomando. Não vou ficar apontando para o jogador A ou B e aí acima foi só porque não resisti à piadinha. Melhor perder um pênalti que perder a piada. Ops… Escorregou de novo.

Findo o primeiro turno da competição, estamos lá na parte alta da tabela empatados no primeiro lugar com o Internacional, e talvez com o Atlético-MG, que joga na noite de segunda contra o Palmeiras.

O calendário vai apertar. Não em quantidade de jogos porque a gente já andou quebrando alguns recordes em outubro, mas em intensidade, por conta das fases de mata-mata da Copa do Brasil e da Libertadores. No entanto, acredito que a nossa pior fase no quesito desfalques já tenha passado, né? Mesmo porque, se ainda não passou e piorar vai ter jogo aí com o Domènec “com a nove” e o Braz no gol.

Até quarta… Deixa a turma do “acabou” ficar esperneando e se comportando como crianças de 5 anos. Ainda que seja outra competição, a classificação na CB há de amansar um pouco o povo, e aí é aguardar o jogo contra o Atlético-MG no final de semana.

Tivemos mais posse de bola e finalizamos mais que o São Paulo. Péssima partida porque, muitas vezes quem não faz só leva, em outras vezes leva um balaio cheinho de gols pra casa. E foi o que aconteceu dessa vez.

Bora classificar na Copa do Brasil.

Ainda que nos momentos não lá muito bons…

Isso aqui sempre será Flamengo.

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/atuacoes-do-flamengo-gustavo-henrique-falha-duas-vezes-e-pedro-e-bruno-henrique-perdem-penaltis.ghtml

http://historia.rrn.net.br/podcast21-goleada-em-cima-do-corinthians-convidado-especial-marcos-beton/

mercioquerido@gmail.com
Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio

 

Está Gostando do Conteúdo ? Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leitura Recomendada

Bem vindo a História do Redação